segunda-feira, agosto 31, 2009

Para recordar...Diana

3 comentários:

Fernanda disse...

Olá Dina,

Um testemuno à Princesa Diana e uma linda canção, sem dúvida.

Beijos

Tite disse...

Dinita,

Nos dias seguintes à morte da Princesa andei a ouvir esta música como se fosse praga.
Tinha um colega mesmo num gabinete ao lado do meu que colocava a música a toda a hora e a cada minuto, porque gostava do Elton John e da Diana chorando até pela perda da Princesa. De tal modo que se oiço a música vem-me à ideia toda a cena no trabalho e o funeral inteiro da Diana. Acreditas?

Pois é o que se passa comigo...

Ovinho Estrela(do) disse...

Eu gostava imenso da Princesa Diana. Um ícone de feminilidade, lindíssima, elegante, chique e... tão glamorosa.
E eu gosto de glamour.
Gosto de pessoas que sabem ser e estar glamorosas, sorridentes. Que sabem ser bonitas.

Um outro aspecto que apreciava em Lady Di era o amor incondicional que tinha pelos filhos.

De todas as fotografias dela... Repare-se que aquelas onde o seu sorriso é mais bonito é nas que se faz acompanhar dos filhos.
Olhar ternurento, sorriso aberto.

Adorava ver as fotografias dela nas revistas cor-de-rosa.
Fiquei muito triste quando soube da sua morte. E acompanhei toda a semana fatídica até ao dia do seu funeral.

Diana deixou o Mundo parado. Um mundo de gente que a seguia com carinho. Deixou aqueles meninos... Tão pequeninos...

Foi, internacionalmente, uma morte sentida.
De todas as figuras públicas que partiram, esta foi a que mais me marcou. Penso que foi, até, a que marcou tudo e todos. Sem histerismos. Serenamente e triste, o mundo assistiu a esta perda.

Fui apaixonada pela Princesa glamorosa e pela Princesa Mãe.

Gosto imenso de Elton John. Um dos meus cantores favoritos. Aliás, o meu favorito. Só nas baladas.
E tão bem converteu um original seu nesta balada de despedida à Princesa.

A letra da música é lindíssima.

Chorei-a depois, à letra da música, quando morreu a minha Avó. A minha Princesa do coração. A rosa da minha alma.

A nossa "rosa".

A rosa que também fez parar o Mundo:o nosso.

Beijinhos, Dina. E obrigada por este "bocadinho".